Busca

Ler a Suma Teológica

Um leigo lê a Suma Teológica num debate livre com São Tomás de Aquino.

Vamos começar a ler a Suma Teológica de São Tomás, desde o começo e sem prazo para acabar. 1. O prólogo.

Queridos amigos, passamos a publicar aqui, e nosso plano é ler, aos poucos, a Suma Teológica de São Tomás de Aquino. Ler a suma como um leigo curioso, que se aproxima de um tesouro complexo, encoberto e difícil de explorar (...)

Post Destacado

Existem muitos anjos? Primeira parte, questão 50, artigo 3, parte 2 de 3.

A discussão, aqui, diz respeito à quantidade de anjos que podem existir. Vimos, no último texto, que esta discussão se prende a três aspectos: o critério de multiplicação para os seres imateriais (como se pode multiplicar o número daquilo que,... Continue lendo →

Existem muitos anjos? Primeira parte, questão 50, artigo 3, parte 1 de 3.

Esta é outro debate em que se mostra fortemente o conflito que existia – e inevitavelmente deve existir – entre a visão filosófica da Grécia antiga, especialmente em Aristóteles e Platão – e a teologia cristã, e como é forçado... Continue lendo →

Será que o anjo é composto de matéria e forma? Primeira parte, questão 50, artigo 2, parte 3 de 3.

Chegou, então, a hora de revisitar os argumentos objetores iniciais e responder a eles com os elementos estabelecidos na resposta sintetizadora, admitindo o que neles há de verdadeiro e bom e corrigindo o que há de equivocado. O primeiro argumento... Continue lendo →

Será que o anjo é composto de matéria e forma? Primeira parte, questão 50, artigo 2, parte 2 de 3.

No texto anterior vimos o debate a respeito da materialidade dos anjos ser colocado por Tomás. Lembremos que já ficou muito bem estabelecido ali que os anjos são incorporais. Por que, então, São Tomás achou agora necessário debater se, além... Continue lendo →

Será que o anjo é composto de matéria e forma? Primeira parte, questão 50, artigo 2, parte 1 de 3.

No artigo anterior, debatemos sobre a corporeidade dos anjos, e vimos que os anjos são incorpóreos. Mas São Tomás acha necessário prosseguir na discussão, e debaterá se, além de incorpóreos, eles também seriam imateriais. Esta diferença é muito sutil e... Continue lendo →

Anjos são criaturas sem corpo? Primeira parte, questão 50, artigo 1, parte 2 de 2.

No primeiro texto, examinamos a hipótese controvertida de que os anjos são criaturas corporais. Vimos os argumentos objetores, que afirmam a corporeidade angelical, e o argumento sed contra. Examinaremos agora a resposta sintetizadora de São Tomás.Faz sentido admitir criaturas incorpóreas,... Continue lendo →

Anjos são criaturas sem corpo? Primeira parte, questão 50, artigo 1, parte 1 de 2.

Começamos a examinar a natureza dos anjos. Este parece um assunto esotérico e, em certo grau, bem ultrapassado. Mas não é assim. Proponho, pois, um exercício intelectual aqui: independentemente de acreditarmos ou não na existência de anjos (e há bons... Continue lendo →

Será que existe um mal supremo, que é causa primordial de todo o mal? Primeira parte, questão 49, artigo 3, parte 3 de 3.

Nos textos anteriores, examinamos a hipótese controvertida de que há dois princípios para a realidade criada, o princípio bom e o princípio mau, ambos absolutos e igualmente fundamentais. Vimos os argumentos objetores neste sentido e o argumento sed contra, que... Continue lendo →

Será que existe um mal supremo, que é causa primordial de todo o mal? Primeira parte, questão 49, artigo 3, parte 2 de 3.

No texto anterior, vimos a hipótese controvertida deste artigo, de que haveria dois princípios de mesma hierarquia, igualmente fundamentais, o princípio do bem que é Deus, e um princípio do mal, contraposto a Deus e capaz de explicar a existência... Continue lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑